Psicologia de consumo. Dica de Marketing Digital

Quer saber como utilizar a psicologia de consumo para alavancar as vendas do seu e-commerce? Confira este post!

O cliente é a pessoa principal dentro de uma jornada de compra. Caso contrário, não haverá vendas nem lucro. Por essa razão, nada mais estratégico que ficar atento(a) aos hábitos de comportamento do consumidor, a chamada psicologia de consumo, em especial se for um empreendedor online.

Afinal de contas, as pessoas realizam diversas ações diárias sem pensar muito sobre elas, como escovar os dentes, conduzir, entre outras. Com o processo de compras passa-se exatamente o mesmo: nas tomadas de decisões de compra, há diversos pensamentos automáticos e cognitivos que influenciam as suas decisões.

Entender como isso funciona e saber mais sobre a mente do público-alvo é essencial para otimizar o seu negócio e permitir um maior crescimento. Então, quer saber como utilizar a psicologia de consumo para alavancar as vendas do seu e-commerce? Confira este post e entenda mais sobre o assunto!

 

Principais gatilhos mentais para tomar decisões

Não é muito difícil encontrar alguém que comprou um produto ou serviço por impulso e depois questionou-se ‘’onde é que eu estava com a cabeça?’’. Para além disso, como hoje em dia existem inúmeros produtos similares no mercado que disputam a atenção dos clientes, o que faz alguém preferir determinada marca em vez de outra?

Entender os gatilhos mentais é compreender o que está por trás do processo de decisão de compra dos consumidores. Por isso, nada melhor que conhecer os principais exemplos desses gatilhos. A seguir, veja alguns deles!

Urgência

Com o avanço da tecnologia e maior democratização dos telemóveis e da internet, entramos em contato com um turbilhão de informações que, apesar das suas vantagens, também tornou os consumidores mais ansiosos e com maior sentido de urgência.

Para além disso, conforme mencionado, atualmente o que mais existe no mercado é concorrência. Isso quer dizer que as marcas que usam esta estratégia já se destacam de todas as outras.

Por exemplo, pense nas ofertas de produtos no Natal e na Black Friday. Se quiser ativar o gatilho de urgência no seu consumidor, é essencial definir prazos para a conclusão das compras — já que são datas comemorativas com muita procura.

Para potencializar ainda mais isso, a contagem regressiva que sinaliza o tempo que falta para o fim da oferta anunciada funciona como um ótimo gatilho visual. Para ajudar a transmitir esse sentido de urgência use advérbios de tempo e modo imperativo, como: “Esta pode ser a sua última oportunidade!”, “Compre já!”, entre outras.

Escassez

De acordo com o tópico anterior, se o consumidor sentir que pode ficar sem determinado produto, o gatilho de urgência será ativado, e com isso terá maiores possibilidades de realizar vendas. A mesma lógica serve para a ideia de escassez. O medo de não conseguir passar pela mesma experiência que outras pessoas, caso o objeto de consumo tenha acabado, serve como um estímulo para a decisão de compra.

Se prestar atenção ao e-commerce da Amazon, vai perceber que existe uma categoria chamada ‘’Livros em oferta’’, que conta com algumas obras em promoção e mostra uma barra que é preenchida conforme as vendas aumentam.

 

Só isso já pode ser suficiente para que um consumidor ansioso e com medo de não pertencer a um grupo — a chamada sensação de pertença muito procurada pelo consumidor 4.0 — coloque mais produtos no carrinho e compre à sua empresa. E lembre-se sempre disto: ‘’se toda a gente compra, deve ser bom’’ o que também é uma ótima forma de influenciar.

Autoridade

Seguindo a lógica do que foi dito no tópico anterior, pelo senso comum, se uma marca consegue gerar um alto volume de vendas, pode dizer-se que ela transmite segurança, certo? É por essa razão que é tão importante conseguir satisfazer os seus clientes. Isso contagia outras pessoas e pode fazer com que esses se tornem os seus maiores defensores.

Num um mercado cada vez mais competitivo, contar com pessoas comuns para transmitir os valores de um negócio e defendê-la quando for preciso pode passar muito mais veracidade — e, consequentemente, autoridade — do que através de publicidade paga.

Para entender melhor a influência que a multidão tem sobre as pessoas, basta imaginar um aglomerado de gente numa fila, mesmo que não haja placas, sinais ou ajudantes. Mesmo que não faça ideia do que se trata, as hipóteses de entrar ou continuar nela são altas, certo?

Então, para ativar o gatilho de autoridade há inúmeras possibilidades. Uma delas é publicar artigos ou vídeos nas suas redes que mostrem o seu conhecimento sobre o nicho do qual faz parte. Se trabalha com venda de roupa e acessórios, pode criar conteúdos que falem sobre tendências de moda e até dicas para compor looks.

Prova social

Como já foi dito, fazer parte de um grupo e estar por dentro das novidades é um desejo muito recorrente nos consumidores atuais. Então, a dica para estimular a compra dos consumidores é valorizar os feedbacks recebidos dos seus compradores — o que é muito parecido com o gatilho de autoridade.

Quando a sua marca se dedica a responder a críticas negativas, ela mostra que tem empatia com os consumidores e que está disposta a melhorar e resolver o problema, se necessário. Por isso, fique sempre atento às principais redes sociais e em canais de reclamações, como o Portal da Queixa.

Para além disso, se o feedback for positivo, não deixe de agradecer o contato e até republicá-lo nos seus canais de comunicação online. Afinal de contas, isso é uma prova social valiosa de que o seu e-commerce é querido pelo público.

Conseguiu entender como a psicologia de consumo ajuda a alavancar as suas vendas no e-commerce? Saber como funciona a mente do cliente e inclusive a própria jornada de compra é a forma mais inteligente de concentrar as suas ações em algo com maior probabilidade de ter bons resultados para satisfazer o consumidor, conquistar defensores da marca e melhorar os indicadores de performance.

Precisa de ajuda em Marketing Digital em Braga? Entre já em contacto e obtenha o seu orçamento gratuito.

2020-04-09T16:07:38+00:00