PRR – COACHING 4.0: Impulsionando Empresas Rumo à Era Digital

No panorama empresarial contemporâneo, a transição digital não é apenas uma opção, mas uma necessidade imperativa.

Em Portugal, o programa “Coaching 4.0”, parte integrante do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), emerge como um catalisador vital para as pequenas e médias empresas (PMEs) nessa jornada transformadora.

Este artigo visa elucidar a essência do “Coaching 4.0”, delineando como ele está a esculpir o futuro digital das empresas portuguesas.

O que é o Coaching 4.0?

O “Coaching 4.0” é uma iniciativa inovadora promovida pela Estrutura de Missão Portugal Digital em conjunto com a Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI).

O programa propõe a concessão de incentivos sob a forma de vouchers, destinados a potenciar a maturidade digital das empresas.

Este apoio é convertido em vales “Coaching 4.0”, com um investimento máximo por empresa de 10 mil euros e uma taxa de comparticipação a fundo perdido de 75%.

Benefícios e Requisitos para as Empresas

Os benefícios do programa são vastos, incluindo a melhoria de competências digitais internas e a integração tecnológica nos modelos de negócio.

As empresas elegíveis são principalmente PMEs com capitais próprios positivos e isentas de dívidas à Segurança Social e à Autoridade Tributária.

apoio coaching 4.0

Despesas Elegíveis

O programa “Coaching 4.0” cobre uma variedade de despesas essenciais para a transição digital.

Estas incluem:

  • a gestão de redes sociais
  • gestão de anúncios,
  • plano de marketing digital,
  • criação de conteúdo
  • otimização SEO (otimização para os motores de pesquisa),
  • construção de website ou loja online;
  • e-mail marketing e automações,
  • consultoria e desenvolvimento de maturidade digital,
  • aquisição de novos softwares para implementação interna,
  • entre outras.

Essas despesas são fundamentais para que as empresas possam adaptar-se à nova realidade digital e tirar o máximo proveito das ferramentas tecnológicas disponíveis.

Área Geográfica

O “Coaching 4.0” está disponível para empresas localizadas em todo o território de Portugal Continental, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

Esta ampla cobertura geográfica assegura que empresas de diferentes localidades possam beneficiar do programa e contribuir para a digitalização do tecido empresarial nacional.

Taxa de Financiamento

As empresas que se candidatam ao “Coaching 4.0” podem receber até 10.000€ de financiamento, com 75% do valor a fundo perdido.

Isto significa que as empresas são responsáveis por apenas 25% do custo total do projeto.

Este modelo de financiamento é especialmente vantajoso para PMEs, facilitando o acesso a recursos cruciais para a sua transformação digital.

Entidades Elegíveis

O programa é direcionado especificamente para Pequenas e Médias Empresas (PMEs) portuguesas.

Para se qualificarem, estas empresas devem ter capitais próprios positivos e estarem isentas de dívidas à Segurança Social e à Autoridade Tributária.

Este foco nas PMEs reflete o compromisso do programa em fortalecer este segmento vital da economia portuguesa.

Processo de Candidatura

O processo de candidatura ao “Coaching 4.0” é acessível e orientado para resultados.

As empresas interessadas devem entrar em contacto com André Craveiro de forma a conseguirmos preparar e submeter a sua candidatura dentro dos prazos estabelecidos.

É crucial preparar uma candidatura robusta e bem fundamentada para maximizar as hipóteses de sucesso.

Conclusão

Em resumo, o “Coaching 4.0” representa uma oportunidade singular para as PMEs em Portugal.

Através deste programa, as empresas podem não só melhorar a sua eficiência operacional e presença digital, mas também preparar-se para os desafios futuros num mundo cada vez mais digitalizado.

É uma iniciativa que simboliza o compromisso de Portugal com a inovação e o crescimento sustentável das suas empresas.

Dada a expectativa de elevada procura por parte das empresas, é recomendável iniciar a preparação da candidatura o quanto antes.

Este conselho visa assegurar que as empresas interessadas possam apresentar uma candidatura bem estruturada e com maior probabilidade de sucesso assim que o processo for iniciado.

 

Nota Importante: O regulamento ainda não foi publicado pelo que estes valores são apenas informações não oficiais. Informação atualizada a 25.01.2024.

Partilhe
pt_PT_ao90